• Revista Plástica e Forma

Entenda como a ansiedade impacta no processo de gerenciamento do peso.


Ao optar por um estilo de vida saudável, é preciso ter muita disciplina e disponibilidade no seu dia a dia. Sobretudo, é preciso se atentar não apenas à escolha da alimentação e, sim, a outros aspectos, tais como a relação entre ansiedade e emagrecimento.

O ser humano possui muitos hábitos e costumes adquiridos no decorrer do seu desenvolvimento. Quando uma mudança ocorre, muitas adequações devem ser feitas. Essas alterações mexem com as emoções e, às vezes, não sabemos a melhor maneira de lidar com elas.

Neste artigo, você terá a oportunidade de conhecer o quanto a ansiedade pode levar alguém a episódios de compulsão alimentar e como é possível evitar esse quadro. Continue a leitura!


A origem da ansiedade


Explicar a ligação entre ansiedade e emagrecimento requer uma autoanálise do indivíduo e do ambiente onde ele está inserido. Afinal, o mundo moderno dispõe de muitos processos tecnológicos, que trazem rapidez e praticidade para a rotina. Estamos tão acostumados com o imediatismo e resultados a curto prazo, que qualquer tarefa que não apresente essas características geram frustrações e outros sentimentos negativos.

É nesses momentos que a ansiedade aparece e alguns veem em certos alimentos uma forma acalmar os ânimos e relaxar a mente. As opções geralmente são doces, industrializados e alimentos ricos em gordura e carboidrato. Esse mecanismo promove o ganho de peso e prejudica a saúde física e mental.


A importância de uma dieta equilibrada


O equilíbrio é a base de tudo, e é por meio dele que conseguimos atingir nossos objetivos com mais facilidade. Seguir corretamente a dieta ajuda bastante, mas é preciso que o indivíduo fique atento aos maus hábitos causados pela ansiedade.

Primordialmente, é preciso prestar atenção aos horários, respeitar as quantidades e praticar exercícios. Também, é importante reservar um tempo para praticar meditação ou outros métodos que ajudem a combater o estresse, promovendo tranquilidade para sua rotina.

Desse modo, é possível alcançar uma melhor qualidade de vida. Muitos verão resultados não apenas na gestão do tempo, mas no âmbito profissional e também social. Afinal, essas medidas tornam o ser humano produtivo e focado em aspectos positivos no seu processo de evolução.


Ações que ajudam a controlar as crises de ansiedade


Além das atividades físicas, você pode investir em outras ações para amenizar as crises de ansiedade que acabam por desencadear a compulsão alimentar. A começar pela inclusão de alimentos com triptofano nas suas refeições. Por exemplo, arroz integral, peixes, aveia, linhaça, sementes de abóbora, lentilha e também o ovo.

Uma dica importante é praticar meditação e trabalhar a sua respiração. Opte por usar roupas confortáveis no momento da prática. Além disso, você pode contar com os ativos naturais presentes nos óleos essenciais e florais, que ajudam na sua cura terapêutica.

Ao longo deste artigo, você conferiu como ansiedade e emagrecimento, estão ligados, podendo gerar prejuízos físicos e psicológicos. Portanto, busque melhorar sua rotina e opte por um estilo de vida que favoreça o seu equilíbrio e bem-estar.

Ah, se você quiser mais dicas sobre alimentação equilibrada, clique aqui e conheça opções saudáveis para o período de distanciamento social.

Farmácia de manipulação - Empório Magistral

Instagram - @emporiomagistral