top of page
  • Foto do escritorPlástica e Forma

Liberdade!


O que você sabe sobre ser livre? O que significa liberdade para você?


Quando não conhecemos nossas prisões, vivemos a ilusão de que somos livres. Mas antes de falar de prisões, vamos tentar entender o que é LIBERDADE.

Autonomia, independência, capacidade de agir por si próprio, são definições do que se entende por liberdade.


Antes de tudo, quero que vocês compreendam que o que eu trago aqui são minhas opiniões e não a verdade, tanto porque não sou a dona da verdade e nem tenho vontade de ser, mas como pensadora e estudiosa, tenho uma linha de pensamento. Não quero convencer você, leitor (a), de nada.

 

Encarnamos em um corpo, em um planeta onde vivemos quase autodidaticamente, somos “educados” por nossos pais, educadores e sacerdotes. Repetimos padrões sociais ditados pela mídia.  Seguimos massificados e adormecidos em relação à nossa liberdade.


Na infância, somos educados por nossos pais que foram educados por seus pais e, assim, retroativamente, esses mesmos foram educados pela igreja. O Brasil é um país cristão colonizado por portugueses que também eram cristãos, então basicamente nosso povo, que era indígena, foi doutrinado pela igreja e pela monarquia portuguesa a seguir seus costumes e crenças. Os povos originários não tiveram a liberdade de escolher viver conforme seus próprios costumes e assim ocorreu em todo o Ocidente.


Essa doutrina política/religiosa define basicamente o tipo de vida em que vivemos atualmente. Ou seja, não tivemos a liberdade de escolha, já viemos culturalmente condicionados a códigos de condutas morais e sociais pré-estabelecidos pela igreja, que exerceu um domínio quase que total no mundo inteiro.


A maioria do que uma sociedade acha imoral foi imposta pela igreja. Esse é um tema bem delicado de abordar, por isso quero que você entenda que eu não sou contra a igreja ou contra religiões.


Em diferentes culturas, a moral pode variar, o que é imoral para certa sociedade pode ser moral para outra.


E isso depende do quê? Da religião!!!!!


Somos todos aprisionados por dogmas e, por mais que o mundo esteja caminhando para uma abertura maior de consciência, ainda estamos muito embrionários no que diz respeito a conhecer nossas prisões.


O mito da caverna de Platão mostra muito como funciona esse esquema de prisão em que vivemos, são camadas e camadas a serem clarificadas até que possamos realmente enxergar algo fora.


Agora vamos falar sobre a manipulação educacional, você sabe quem educa o educador? Na antiguidade, adivinha??????

A igreja. E atualmente o governo.


Por aí, você já consegue ter uma ideia da “liberdade” que possuímos.

E a mídia? Sabe como ela pode aprisionar você?



Filmes, novelas, telejornais, séries…


Narrativas contadas com intuito de manipular e persuadir as massas geralmente te aprisionam em ideias pré-estabelecidas por eles mesmos.

Como também todas as tendências são geradas pela mídia. Praticamente tudo o que você acha que está “escolhendo” já foi manipulado para que você escolha, seu carro, sua casa, seu corpo, o restaurante que frequenta, a roupa que você usa, o seu celular, seus aplicativos, seu corte e cor de cabelo.


A mídia gera assim um perfil social, “classes” é onde você estará identificado através do que você pode ou não comprar.  Isso determinará sua classe. Por isso, existem pessoas que gastam o que não têm para tentar se encaixar em um padrão estabelecido pela mídia que não podem sustentar.



Será que somos realmente livres?

 

Paz, amor e Luz.


Camila Zanetti - Instagram - @czcamilazanetti

Comentários


bottom of page