• Plastica e Forma

Monique Bertolini faz cirurgia plástica para aumento das mamas.

Atualizado: 18 de abr.


A apresentadora e atriz usa prótese há 11 anos e trocou a de 300 ml por uma de 400 ml


A primeira vez que Monique Bertolini colocou silicone estava com 21 anos e já tinha feito um ensaio fotográfico para a Revista Sexy. “Nunca tive nenhum tipo de rejeição ao meu próprio corpo, porém meus seios eram pequenos e queria que fossem maiores. Quando pude, coloquei 300 ml de silicone e gostei muito do resultado, e agora, 11 anos depois, decidi colocar 400 ml”, explica a atriz de pegadinha.


Antes da realização da segunda cirurgia, a apresentadora diz que buscou indicações das amigas que já tinham passado por procedimentos, e optou pela assessoria do Centro Nacional – Cirurgia Plástica e, antes do procedimento, conversou muito com o cirurgião plástico, que escolheu. “Estudamos a possibilidade de colocar 420 ml, porém chegamos à conclusão que não ficaria legal para a minha estatura e biotipo”, completa.


Monique salienta que o silicone dá um “plus” a sua beleza natural, porém, não gosta de exageros. “Eu prefiro não deixar tão na cara que é plástica e provocar questionamentos sobre o assunto. Até porque, eu estou fazendo a cirurgia para mim e, por mais que eu mostre e trabalhe com minha imagem, eu estou fazendo para eu gostar”, confessa.


A atriz disse que seguiu todos as orientações do médico e fez muitos exames antes do procedimento e, principalmente, cuidou da forma física, como já fazia antes, com uma alimentação saudável e uma rotina de exercícios físicos. No pós-cirúrgico, ela também está seguindo todos os cuidados necessários para uma boa recuperação.


Atualmente, Monique Bertolini é atriz nas pegadinhas do João Kléber Show, da Rede TV, e, além disso, agora ela é empreendedora — montou a clínica Monikey Bronzeamento —, e continua seu trabalho em redes sociais, inclusive dando cursos sobre como se tornar uma influenciadora de sucesso.


Instagram - @monibertolini