top of page
  • Foto do escritorPlástica e Forma

Lipo Lad: entenda a diferença em relação à lipoaspiração tradicional


O novo jeito de conseguir um visual atlético é tendência entre as celebridades


Lipo LAD — lipoaspiração de alta definição — ou lipo HD, vem ganhando espaço no universo dos procedimentos estéticos e sendo um grande sucesso entre as celebridades. O procedimento visa ressaltar a definição muscular para que a região operada fique com um formato mais definido e musculoso.


Tanto a lipo LAD quanto a lipoaspiração tradicional tem objetivo de retirar a gordura localizada, porém a primeira, além de remover o excesso de gordura, destaca os músculos da parte operada. “Nessa cirurgia, o excesso de depósitos de gordura do corpo é removido e, além da diferença de massa corporal, há definição nos contornos. Esse procedimento também é usado para tratar acúmulos de gordura em outras partes do corpo, como: braços, pescoço, coxas, cintura, costas, peito, pernas etc.”, explica Arnaldo Korn, diretor do Centro Nacional — Cirurgia Plástica.


O procedimento é indicado para pessoas que procuram alcançar um visual mais atlético para o corpo. “Nesse caso, o procedimento cria uma ilusão de luz e sombras, agindo em locais mais pontuais, com o objetivo de valorizar a forma natural e a musculatura no abdome”, comenta Korn.


Apesar de serem cirurgias estéticas diferentes, o cuidado é o mesmo. Arnaldo Korn ressalta que “os cuidados devem ser levados a sério para não descumprir as recomendações, o que pode ocasionar transtornos. Em casos de mal-estar não previstos, é importante consultar o cirurgião, pois somente ele pode sanar as dúvidas”. Além disso, é importante ter em mente que sem qualidade profissional, não há como garantir todo o processo de forma correta e segura.


O diretor do Centro Nacional — Cirurgia Plástica ressalta que todos os procedimentos devem ser realizados por um profissional qualificado, e que o paciente deve pesquisar o histórico do profissional antes de efetuar o procedimento, colocando a saúde em primeiro lugar sempre.


Para isso, é importante ter alguns critérios ao escolher o cirurgião plástico, como: checar se o médico possui registro no Conselho Regional de Medicina da região em que atua, consultar se ele é credenciado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, assim como verificar se a clínica possui todas as licenças para funcionamento. Tais medidas de precaução evitam possíveis problemas com a saúde do paciente no pré e pós-operatório, assim como com os resultados do procedimento.



Instagram - @centronacionalcirurgia

Comments


bottom of page