• Revista Plástica e Forma

CRIE UM LOOK CHIC E ELEGANTE PARA O SEU TRABALHO.


Crédito foto: David arrais


O dia a dia em um escritório de advocacia abrange atividades da qual você precisa estar sempre bem vestida e elegante. Por isso, na nossa série de profissões, criamos um Guia completo de roupas com dicas de estilo, looks e acessórios formais, chic e sofisticadas.


Tipos de tecido:

Segundo a advogada de família Barbara Heliodora, para quem está na área jurídica é imprescindível manter uma boa imagem pessoal. Por isso, investir em tecidos de alta qualidade faz a diferença no look final. Linho, seda, algodão, fibras naturais são alguns exemplos que dão uma ótima estrutura para as peças e um caimento perfeito no corpo, uma vez que a imagem e vestimenta também estão comunicando com seu público.

Crédito foto: David arrais


Calça e saia preta são peças coringas:

Advogada pode repetir look? Segundo Barbara Heliodora, pode sim! Existem peças coringas que toda mulher que trabalha de social deve ter no armário: a calça e a saia preta. São roupas versáteis que permitem uma infinidade de combinações, inclusive o mesmo look com acessórios dão estilo à produção e mudam completamente um look de base idêntica.


O Blazer é sagrado

O trio sagrado de saia, blazer e camisa branca sempre vai fazer parte do guarda-roupa das advogadas. Mas você pode modernizar esse look social escolhendo novas cores e tecidos, detalhes como risca-de-giz ou trocando a saia por uma calça flare, por exemplo.


Estampas e detalhes estão permitidos

O importante na hora de se vestir bem é respeitar o código de vestimenta da empresa, se nessas regras não há restrições de cores e estampas, você ganha a liberdade para ser criativa desde que use o bom senso de moda. Estampas e detalhes geométricos são ótimos exemplos, porque são sóbrios e sofisticados. Fuja de frases, cores fortes e motivos florais, como corações e flores. As estampas te permitem encontrar o equilíbrio entre o tradicional e o moderno. Barbara sinaliza que o salto alto também não deve ficar de fora, ele transmite o empoderamento da mulher.

Crédito foto: David arrais


Segundo a advogada, o importante é que cada um entenda o seu estilo e trabalhe em cima dele com as peças que funcionam para você. Profissional de qualquer área precisa entender que a vestimenta, assim como o modo de se portar são formas de comunicação não verbal e transmitem ao seu cliente diversos predicados que podem ser positivos ou negativos, basta você entender o que quer comunicar com seu público.