• Revista Plástica e Forma

Thelma & Louize, arte e beleza!

Atualizado: 30 de Nov de 2020


1- Você sempre foi da área da beleza? Como você começou sua carreira?

Minha história com o universo da beleza começou desde criança, sempre gostei de maquiagem desde a infância, na adolescência amava as revistas de moda, com as quais aprendi muito, principalmente a revista Elle, uma verdadeira enciclopédia da Moda.

Comecei a trabalhar aos 15 anos, e aos 22 anos eu comecei a trabalhar na L’Oréal, considerada a maior empresa de cosméticos do mundo, e a partir daí minha experiência profissional foi se desenvolvendo ao longo desses anos, nos quais descobri que meu verdadeiro talento era a área comercial.

São 25 anos atuando em diversas áreas no mundo corporativo, e há quase 8 anos resolvi montar o primeiro salão, na Vila São Francisco, zona oeste, em 2016 expandi para o imóvel ao lado com o dobro do tamanho do primeiro, depois montei mais um no Jardim Bonfiglioli – Butantã, e agora em plena pandemia abri a terceira unidade em Moema.

Minha base acadêmica é Comunicação Social, sou graduada em Relações Públicas, com MBA em Marketing de Varejo, Especialização em Marketing e Vendas, além de diversos cursos na área de gestão de negócios, finanças e pessoas.


2- Porque o nome Thelma & Louize?

Porque sou apaixonada por cinema e realmente me chamo Thelma.

Como geralmente o próprio cabeleireiro já é o nome do salão, eu queria que o público lembrasse da minha marca como o meu nome, apostei nessa coisa do filme, e deu super certo, já sabendo que todos questionariam quem seria a Louize.

Louize não existe, já que não tenho sócios, diferente do filme minha marca é Thelma e Louize com “z”, do filme é com “s”.


3- Como ser uma empresária de sucesso?

Ø Ter uma boa ideia e confiar que vai dar certo, sem ter medo do que possa acontecer. Se der algo errado, aprender com os erros e não desistir.

Ø Quem decide empreender em um negócio próprio precisa acreditar em suas ideias e confiar de verdade em si mesmo.

Ø Ter uma meta. Toda boa ideia, precisa de planejamento, que nada mais é do que o caminho a ser seguido.

Ø Assumir o controle financeiro, nunca deixar que as finanças estejam exclusivamente nas mãos de outros, muito menos um contador, que é erroneamente confundido com um gestor. O desconhecimento da gestão leva muitas empresas ao fracasso rápido.

Ø Contratar pessoas competentes. Se a equipe for tão responsável quanto você, contribuirá muito para o sucesso da empresa, portanto é preciso escolher bem nossos colaboradores. É muito comum que os empresários cometam erros contratando amigos ou familiares, ao invés de contratar profissionais especializados em suas funções.

Ø Acompanhar muito de perto todo dia a dia.

Ø investir em marketing. Divulgar a marca, saber que aparecer leva tempo e custa dinheiro. Muitos não querem ter custos com divulgação, sem se darem conta que a competitividade esta cada vez maior.


4- Até que ponto a pandemia afetou o Mercado da beleza?

Essa crise causou danos horríveis, foram 110 dias de portas fechadas, e ao reabrirmos em 07 de julho, o cliente não apareceu.

Segundo o IBGE a receita real dos serviços é de 36% abaixo do nível de fevereiro, antes do isolamento social, mas nós que estamos no dia a dia, sentimos drasticamente uma queda em torno de 65% no primeiro mês de retorno.

Enquanto não houver vacina, o setor ainda vai sofrer, porque muita gente não confia no uso das EPI’s.


5- Quais os projetos para 2021?

Trabalhar muito para recuperar o ano de 2020, mantendo as estratégias da empresa, que são o foco no custo X benefício, com muita divulgação dos serviços e profissionais parceiros, e claro das unidades.


6- Você tem um lado engraçado para fazer o mkt da sua empresa, as clientes se identificam?

AS clientes adoram, e quando não apareço nos stories do Instagram questionam se está tudo bem.

Esse lado engraçado é real, uma consequência do meu estilo autêntico e espontâneo, que não se preocupa em parecer ser o que não é.

E quando começo a gravar nunca tenho um script, falo o que vem à cabeça, acho que por isso funciona melhor, porque é de verdade.


7- Quais as novidades de corte, cor para essa estação?

As tendências não mudam muito, os loiros platinados e as morenas iluminadas permanecem fortes, bem como os candy colors, aqueles bem coloridos, e os cacheados continuam em alta, porem a procura pelas escovas progressivas ainda é bem grande.

As franjas e o tradicional Chanel voltam com tudo.

Para quem gosta de acompanhar pode seguir a WGSN que dita tendências mundiais.


8- Os homens estão a cada dia mais vaidosos, vc acha que esse mercado cresceu?

O mercado brasileiro é o segundo maior do mundo, atrás apenas dos EUA. O Brasil é o quarto pais no ranking de consumo no segmento de beleza, fica atrás de Estados Unidos, China e Japão

O consumidor brasileiro se preocupa bastante com a aparência e valoriza os produtos e serviços do mercado de beleza.


De acordo com a Euromonitor (empresa de Inteligência de Negócios Global com conhecimento local) o mercado brasileiro de beleza para homens representa 13% das vendas globais. Afirmam que vendas cresceram 70% no Brasil entre 2012 e 2017.


9- Você tem três unidades, como vc administra? Visita diariamente os salões?

É bastante corrido. Visito quase todos os dias, em média 70% do meu tempo estou em algumas das unidades, o restante do tempo é direcionado para a gestão.

E essa parte administrativa é bastante minuciosa, na qual existe controle de todos os indicadores chaves do negócio, as finanças, serviços, performance dos profissionais, gestão das pessoas, enfim, trabalho umas 16 horas por dia. Mas eu adoro, talvez seja esse o fator preponderante para que tudo funcione.


10- qual dica você dá para quem está começando na área da beleza nesse momento de pandemia?

A dica é ter certeza das próprias ideias, acreditar!!!

Saber que precisa trabalhar, estar 100% envolvida, e ter um capital de giro para quaisquer eventualidades, do contrário, melhor esperar pela vacina.


Instagram - @salao_thelmaelouize


CONTATE-NOS
 

CURTA E COMPARTILHE

CONTATO

©  2017 Todos Direitos Reservados - Revista Plástica & Forma Online