• Revista Plástica e Forma

Resultado da cirurgia plástica inclui cuidados no pós-operatório.


Falta de cuidado devido no pós-cirurgia pode comprometer o resultado do procedimento.


Planejamento é a chave para obter resultados satisfatórios nas mudanças corporais. Antes de realizar uma cirurgia plástica, é necessário alinhar a vida pessoal e, em alguns casos, até consultar outros profissionais, como nutricionistas, para acompanhar a alimentação. Porém, o trabalho não para no procedimento, os cuidados com o pós-cirúrgico são cruciais para obter um bom resultado.


"O pré e o pós-operatório são trabalhos multidisciplinares que podem envolver profissionais de outras áreas da saúde, como psicólogos e nutricionistas", comenta Arnaldo Korn, diretor do Centro Nacional - Cirurgia Plástica, ressaltando que a primeira indicação é simples: beber bastante água, pois ajuda a hidratar e a desintoxicar o corpo. A recomendação geral é de dois litros por dia, mas pode variar de acordo com a necessidade e o peso de cada pessoa.


Porém, como os procedimentos são diferentes, Arnaldo Korn, comenta que, em alguns casos, há cuidados específicos. No caso da lipoaspiração — procedimento, voltado a remover excessos de gordura no corpo e remodelar áreas específicas, o diretor aponta que bandagens elásticas são colocadas para a finalização do procedimento, pois ajudam a controlar o inchaço e a comprimir a pele. Nesse procedimento, é necessário não fazer esforços por oito dias.


O aumento de mamas possui o período de recuperação entre 24 e 48 horas e exige repouso por alguns dias. Após o procedimento, é recomendável não fazer esforços por oito dias e evitar movimentar muito os braços. Exercício físico e demais atividades só são liberados sob orientação. Já a rinoplastia, que serve para a correção do nariz, carece de gesso ou imobilizador, cuidados necessários para não traumatizar o curativo e evitar a umidade. No pós-cirúrgico, é necessário evitar sol de praia no período de 90 a 120 dias, mas pode haver exposição ao sol ocasional de rua a partir do terceiro dia. O uso de óculos é permitido apenas quando autorizado.


Por fim, há cuidados gerais, como fazer refeições leves, evitar muito esforço e exercício físico. Dependendo do procedimento, sutiãs e cintas ajudam a modelar e cicatrizar. "Os cuidados devem ser levados a sério para não descumprir as recomendações, o que pode ocasionar transtornos. Em casos de mal-estar não previstos, é importante consultar o cirurgião, pois somente ele pode sanar as dúvidas". Korn comenta ainda que a segurança deve estar em primeiro lugar — pesquisar o local e o histórico do profissional é necessário antes de fazer o procedimento. Caso o paciente queira fazer e não pode arcar com os custos de uma vez só, pode recorrer à assessoria administrativa, que oferece crédito com condições especiais de pagamento.

Instagram - @centronacionalcirurgia


CONTATE-NOS
 

CURTA E COMPARTILHE

CONTATO

©  2017 Todos Direitos Reservados - Revista Plástica & Forma Online