top of page
  • Foto do escritorPlástica e Forma

Hospital ou clínica: qual é o melhor local para realizar a cirurgia plástica?


Uma das primeiras decisões a se tomar é a escolha do local para realizar o procedimento.


Cirurgia plástica não é um procedimento sem complexidades. É preciso lembrar que ela é uma operação que necessita de infraestrutura e equipamentos específicos para ser realizada de uma forma segura, sem colocar em risco a vida do paciente. A decisão sobre o local onde ela será realizada depende de diversos fatores. Por isso, além da vontade do médico e do desejo do paciente, é necessário analisar principalmente o porte da cirurgia, os riscos envolvidos, o tempo de duração da operação, as condições de saúde e o tipo de anestesia utilizada.

Cada pessoa tem um organismo e pode apresentar uma reação diferente ao procedimento. Embora seja difícil, é possível ocorrer complicações ligadas à anestesia, ao tipo de cirurgia plástica, algumas intervenções são mais delicadas e requerem cuidados especiais. “Os equipamentos certos e uma estrutura complexa são importantes para que tudo corra bem antes, durante e depois do procedimento”, explica Arnaldo Korn, diretor do Centro Nacional — Cirurgia Plástica.


Antes de realizar os procedimentos cirúrgicos, é necessário se informar e tomar muito cuidado. “O cirurgião deve estar atento aos problemas de saúde do paciente, pois existem restrições, além de solicitar exames mais detalhados e fora do padrão convencional”, alerta Arnaldo. Alguns exames podem informar ao médico, por exemplo, se o paciente pode realizar uma cirurgia na face, mas não no abdome, como e de qual forma deverá ser feita e outros exames podem ser solicitados, como teste ergométrico ou holter. Dependendo da idade, duas cirurgias de uma única vez estarão fora de cogitação.

A segurança sempre vem em primeiro lugar, então é importante considerar a expertise do cirurgião plástico e sua equipe, fazer todos os exames necessários, seguir à risca todo o protocolo do pré e pós-operatório da cirurgia plástica, escolher um hospital com excelente infraestrutura. “Escolher uma opção apenas por ser mais barata, sem a certeza de estar em um local e com médico adequado, pode fazer com que se pague caro pelo resultado. A questão financeira não pode ser um impedimento para a resolução dessa condição. Caso não consiga pagar à vista, é possível parcelar com o auxílio de uma empresa que faz assessoria administrativa, oferecendo crédito com condições especiais de pagamento”, finaliza Korn.

Além destes fatores, outro ponto importante é o nível de recuperação de cada paciente, que pode ser variável. Há pacientes que se recuperam rápido e podem ter alta no mesmo dia em que o procedimento foi feito, dependendo do porte e tamanho da cirurgia. Mesmo em cirurgias de menor porte, o paciente pode precisar passar uma noite ou mais no hospital para apresentar condições seguras de receber alta. Em procedimentos maiores, a regra é passar, no mínimo, uma noite no hospital em observação.

Centro Nacional Cirurgia Plástica - Instagram - @centronacionalcirurgia



Comments


bottom of page