• Revista Plástica e Forma

Dr. Alexandre Sanfurgo fala sobre procedimentos estéticos priorizando a ética e a segurança.

Atualizado: Mar 25


Dr. Alexandre Sanfurgo é Cirurgião Plástico formado pela tradicional Universidade de Mogi das Cruzes, em São Paulo. Fez residência de Cirurgia Geral na cidade de Santos, litoral de São Paulo, e iniciou sua especialização em cirurgia plástica no renomado serviço de Cirurgia Plástica do Prof. Dr. Ewaldo Bolivar de Souza Pinto e Dr. Osvaldo Saldanha. Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e da International Society of Aesthetic Plastic Surgery, possui mais de dez anos de profissão.


Seu currículo soma reuniões científicas, palestras, aulas, congressos, jornadas, simpósios, publicações nacionais e internacionais, além de cinco cursos de extensão e aperfeiçoamento em São Paulo, Miami e Michigan, nos Estados Unidos. No Brasil fez parte da equipe de cirurgia plástica do Hospital Samaritano e do Hospital IBCC (Instituto Brasileiro de Controle do Câncer) com foco em reconstrução de mama, Atualmente atua em local próprio. Entre suas experiências, destaca-se sua atuação como cirurgião plástico na cidade de Luanda, em Angola, atendendo vítimas de violência da guerra e outras patologias e na cidade de Dammam, Arábia Saudita, atuando na área de estética em população culturalmente ímpar.


Suas pesquisas e estudos atuais tem como foco a estética para bem-estar feminino, trazendo as principais inovações, descobertas e novidades da Cirurgia Plástica para procedimentos de mama, face, nariz, corpo, lipoaspiração, lipoaspiração HD, rejuvenescimento facial e preservação da beleza.


Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) o número de cirurgias plásticas no Brasil está aumentando anualmente de maneira considerável. Em sua opinião a que fator se deve esse aumento?


Procedimentos mais seguros e menos invasivos.


Melhora das técnicas cirurgias e sua associação a tecnologia (muito intensa hoje na cirurgia plástica) que proporcionam melhores resultados e melhoram a recuperação, tornando mais rápida, menos sintomática, trazendo a paciente de volta a sua rotina em menos tempo, o que está em sintonia com o dia a dia dos brasileiros na atualidade.

Aumento da procura pelo bem estar e de entender que aquilo que a incomoda pode ser mudado.


Vaidade na população brasileira é alta, o que até certo ponto é ótimo, desde que não seja exagerado.


Além do fator estético, há também as cirurgias plásticas reparadoras, qual a importância desse tipo de procedimento para a autoestima e qualidade de vida dos pacientes?


A plástica reparadora é extremamente importante para curar, reparar e restaurar a função. Ela permite que pacientes vítimas de trauma, câncer ou outras doenças mutilantes consigam ter de volta a rotina após o longo período de limitação. Trabalhei com reconstrução de mama por muitos tempo e nada mais gratificante que ver a paciente sorrir por ter a mama de volta. Vale lembrar que a cirurgia plástica chamada de estética também tem essa função, nada mais bonito que ver uma paciente se sentir bem com seu corpo após uma prótese de mama, uma Abdominoplastia ou uma lipoaspiração, após ter mudado aquilo que não deixava ela sentir-se segura consigo mesma.


Quais os principais riscos ao se submeter a uma cirurgia plástica?


É difícil enumerar os riscos de uma cirurgia plástica, é muito importante entender que a cirurgia plástica é um procedimento com riscos e eles variam de acordo com cada procedimento cirúrgico.

Devemos minimizar os riscos no seu planejamento, que começa com q escolha do cirurgião, aquele em que você confia, pois isso trará segurança para a paciente nos dias de pós operatório.


Outro fator é a segurança de uma cirurgia. É preciso ter tudo a mão, a disposição para ser submetida a uma cirurgia, e a disseminação da cirurgia plástica e sua concorrência fazem com que algumas vezes seja preciso diminuir custos, é isso significa aumentar riscos. Minha dica é, Não aumente seus riscos pelo custo.


Por último existem os riscos específicos de cada cirurgia, que na sua consulta com o cirurgião escolhido, será esclarecido todos eles, para que o período pós cirúrgico seja claro para ambos os lados e que médico e paciente caminhem juntos para a recuperação, sem surpresas e com o final feliz tão esperado.

Dr. Alexandre Sanfurgo / Lipo HD

Cirurgião Plástico - CRM 112.499 / RQE 69428

Instagram - @dr.alexandresanfurgo


CONTATE-NOS
 

CURTA E COMPARTILHE

CONTATO

©  2017 Todos Direitos Reservados - Revista Plástica & Forma Online