top of page
  • Foto do escritorPlástica e Forma

Como está seu sono?


Conheça alguns benefícios do sono para a saúde!


Restauração


O organismo humano se recupera fisicamente durante o sono, curando-se e removendo resíduos metabólicos que se acumulam durante os períodos de atividade. Essa restauração ocorre principalmente durante o sono de ondas lentas, durante o qual a temperatura corporal, a frequência cardíaca e o consumo de oxigênio no cérebro diminuem. O cérebro, em especial, requer sono para restauração, enquanto no resto do corpo esses processos podem ocorrer durante o despertar quieto. Em ambos os casos, a taxa reduzida de metabolismo permite processos restauradores compensatórios.


Processamento de memória


É amplamente aceito que o sono deve apoiar a formação da memória de longo prazo e, geralmente, aumentar o aprendizado e as experiências anteriores. Entretanto, seu benefício parece depender da fase do sono e do tipo de memória.


Enquanto dormimos, o hipocampo se reativa inesperadamente produzindo atividades como essa enquanto estamos acordados. Ele envia dados para o córtex, que responde por sua vez. Essa troca é frequentemente acompanhada por um momento de silêncio chamado "onda delta" e depois por ação rítmica chamada "eixo do sono". As ondas delta emitidas enquanto dormimos não são períodos generalizados de silêncio durante os quais repousa o córtex, como descrito há décadas na literatura científica.


Em vez disso, eles isolam conjuntos de neurônios que desempenham um papel essencial na formação da memória a longo prazo. Durante as ondas delta, o córtex não é totalmente silencioso, mas alguns neurônios permanecem ativos e formam conjuntos. O pequeno número de neurônios que são ativados quando todos os outros ficam quietos pode realizar cálculos essenciais enquanto protegido de possíveis distúrbios.


As reativações espontâneas do hipocampo determinam quais neurônios corticais permanecem ativos durante as ondas delta e revelam a transmissão de informações entre as duas estruturas cerebrais. Além disso, as assembleias ativadas durante as ondas delta são formadas de neurônios que participaram na aprendizagem de uma tarefa de memória espacial durante o dia. Juntos, esses elementos sugerem que esses processos estão envolvidos na consolidação da memória.


Segundo estudos o ideal é dormir, em média, de sete (07) a oito (08) horas por dia para estar com as baterias recarregadas no dia seguinte.

Fotos: Freepik

Fonte: Wikipédia

Comments


bottom of page