• Revista Plástica e Forma

VOCÊ SABE A ORIGEM DE SUAS DORES DE CABEÇA? DTM E DORES OROFACIAIS


DTM é a abreviação de disfunção temporo-mandibular e é uma das especialidades mais novas regulamentadas pelo Conselho Federal de Odontologia.

Se você tem dificuldade de abrir a boca, sente ruídos próximo ao ouvido, se sente dor de cabeça, junto ao ouvido ou pela face (podendo se estender ate o lado da cabeça e o pescoço), se já procurou um médico e ele disse que você não tem nenhum problema no ouvido e te encaminhou para um cirurgião-dentista você deve procurar um especialista em DTM e dores orofaciais.

Segundo alguns estudos cerca de 20% da população mundial necessitam de tratamento para a DTM, e há uma maior prevalência entre as mulheres de 15-45 anos.

Possíveis fatores causais associados à DTM:

• Apertamento dentário ou ranger os dentes (bruxismo)

• Tensionamento dos músculos da face, principalmente durante o dia

• Morder objetos

• Roer unhas

• Mascar chicletes

• Má postura

• Estresse emocional

• Traumas na face ou quedas

• Existência de dores crônicas em outras partes do organismo

• Algumas DTMs podem estar associadas a anormalidades no encaixe dos dentes (má oclusão)

Como são feitos os tratamentos? Os tratamentos variam de acordo como o tipo de dor orofacial e sua complexidade. Nas dores crônicas o tratamento pode ser prolongado, havendo necessidade de acompanhar o paciente. Assim, a abordagem pode ser uni ou multidisciplinar. Eis alguns exemplos de opções terapêuticas: mudanças de hábitos; placas miorrelaxantes, que são aparelhos de uso bucal; métodos de terapia física (calor, ultrassom, tens, laser, agulhamento seco, etc.); acupuntura; medicamentos; cirurgia e infiltrações de fármacos em casos específicos. Nos pacientes com dor crônica também não é incomum a presença de alterações psicológicas ou psiquiátricas associadas. Estas podem exigir tratamento especializado. O mesmo ocorre em relação a distúrbios do sono, como ronco e apneia. Quando, além de DTM o paciente apresentar outras dores na região cabeça e pescoço, como enxaqueca ou cefaléia tipo-tensão, cervicalgias, todas elas devem ser adequadamente diagnosticadas e tratadas para o controle total da dor.

Embora não haja cura única para a DTM, existem diferentes tratamentos que podem reduzir consideravelmente os sintomas.

Para tratamento poderemos tentar eliminar a dor e o espasmo muscular por meio de calor ou através de medicamentos, tais como relaxantes musculares, aspirina, analgésicos ou antiinflamatórios

Produzir uma placa para tratar bruxismo, caso você tenha esse hábito de ranger ou apertar os dentes

Aplicar técnicas de relaxamento para ajudar a controlar a tensão muscular na mandíbula para combater o estresse

A Estimulação Elétrica Nervosa Transcutânea (TENS) utiliza correntes elétricas de baixa tensão para relaxar os músculos faciais e articulações, além de proporcionar alívio da dor.

Quando o assunto é DTM e dor orofacial, o mais indicado é procurar um profissional especializado.

Dr. Nelson Alves Dall’Oca

Cirurgião-dentista

CRO SP 46.586

Tel (11) 5543-7409, 5542-5309

Visite nosso site: www.whitesmile.com.br

dr.nelson@whitesmile.com.br

#dentes #dentista #odontologia #implantes #ortodontia #saúde

CONTATE-NOS
 

CURTA E COMPARTILHE

CONTATO

©  2017 Todos Direitos Reservados - Revista Plástica & Forma Online