• Revista Plástica e Forma

Síndrome da apneia obstrutiva do sono pode estar ligada diretamente a OBESIDADE


Síndrome da apneia obstrutiva do sono pode estar ligada diretamente a OBESIDADE

Segundo o bucomaxilofacial Dr. José Flávio Torezan, o aumento do peso pode causar estreitamento da faringe e obstruir a passagem do ar

Reprodução Internet

A apneia do sono é um distúrbio do sono grave em que a respiração para e começa repetidamente. Pessoas com a síndrome podem, inclusive, não estar cientes de que têm o problema. De acordo com dados do Ministério da Saúde, cerca de 50% da população brasileira se queixa de qualidade de sono ruim e 33% sofre de apneia do sono.

“A principal causa é a obstrução do canal respiratório. Situações como obesidade, podem levar à apneia do sono por causar estreitamento da faringe e obstruir a passagem do ar”, alerta o cirurgião bucomaxilofacial Dr. José Flávio Torezan.

Além da obesidade e sobrepeso, outros fatores que podem causar a apneia obstrutiva do sono são: Circunferência do pescoço, Estreitamento das vias aéreas, Histórico familiar, Etnia, Álcool, Cigarro e Congestão nasal.

O tratamento para apneia do sono deve ser acompanhado de mudanças no estilo de vida do paciente. “O objetivo principal do tratamento é manter as vias respiratórias abertas para que durante o sono a respiração não seja interrompida. Em alguns casos é indicado o uso de aparelhos odontológicos na boca durante a noite para manter a mandíbula posicionada mais para frente e impedir o bloqueio das vias aéreas e em outros casos a cirurgia é a melhor opção”, conclui Torezan. Segundo o especialista, em casos mais graves é indicado a cirurgia maxilar, que melhora muito a qualidade de vida do paciente.

Na página do facebook também tem diversos vídeos sobre alguns temas: https://www.facebook.com/ortognaticatorezan/ e o nosso site oficial é http://ortognaticatorezan.com.br/

#Apnéia #Obesidade

1 visualização