• Revista Plástica e Forma

Redução de mama


Redução de mama

Embora os seios grandes estejam na moda, as pessoas que sofrem de hipertrofia mamária (tem seios maiores do que o normal) também não estão satisfeitas com sua aparência. Afinal, sofrem constantes problemas de coluna e, não raro, sentem-se constrangidas até em usar biquínis ou blusas justas que exponham essa parte do corpo.

A Mamoplastia Redutora é uma cirurgia muito procurada pelas mulheres, contrariando a ideia de que apenas quem coloca prótese de silicone nos seios possa realizar uma cirurgia plástica.

As mamas podem ter seu volume reduzido através da cirurgia. Além disso, sua consistência e forma também são melhoradas mantendo um equilíbrio de proporções entre o volume das mamas e o tamanho do tórax. Claro que dentro das possibilidades que a mama original nos permita planejar sem comprometê-la futuramente. Melhorando o aspecto quanto à flacidez e a forma da mama original. Assim é obtida maior harmonia estética.

O procedimento deve ser sempre realizado em hospitais, sob anestesia geral ou Peridural e dura em média 4 horas, ficando o paciente internado por um período de 24 horas e apresentando um tempo de aproximadamente 21 dias.

As novas mamas passam por vários períodos evolutivos durante o processo de cicatrização que dura até 18 meses. Períodos em que a mama atinge seu aspecto definitivo (cicatriz, forma, consistência, volume, sensibilidade). Tendo grande importância, no prognóstico do resultado final, o grau de elasticidade da pele das mamas bem como o volume conseguido. O equilíbrio entre ambos varia de caso a caso. Fonte: Dr. Daniel Rufatto

Clínica Dr. Daniel Rufatto

Site: www.danielrufatto.com.br

CRM : 105,214

Médico graduado em Medicina pela Universidade de Mogi das Cruzes dedicou-se nos dois anos seguintes à Residência Médica na Especialidade de Cirurgia Geral no Hospital Jaraguá, que o levaria ao final deste período a receber o Título de Especialista em Cirurgia Geral pelo MEC. Iniciou sua Residência na área de Cirurgia Plástica no renomado Hospital dos Defeitos da Face em São Paulo, importante centro de excelência na especialidade, obtendo com méritos o Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Atualmente o Dr. Daniel Rufatto atua na área da Cirurgia Plástica Estética, mas não deixando de lado o prazer e a dedicação pela Cirurgia Plástica Reparadora e Tratamento de Queimados, pertencendo ao Corpo Clínico Titular do Hospital dos Defeitos da Face, do Serviço de Cirurgia Plástica da Santa Casa de Misericórdia de Santo Amaro e do Hospital Abreu Sodré (A..A.C. D).

Visando sempre a segurança e a satisfação de seus pacientes o Dr. Daniel Rufatto trabalha com um novo conceito de atuação na área médica, oferecendo um serviço integrado com vários tratamentos conjugados. Sempre aprimorando seus conhecimentos e buscando as últimas tendências no mundo da cirurgia plástica para seus pacientes em congressos nacionais e internacionais.


6 visualizações